contador usando uma caneta e um tablet para realizar a auditoria financeira
Publicado em 06 de outubro de 2021

Entenda o que é a auditoria financeira e como fazer com qualidade!

Compartilhe

Contar com um serviço de auditoria financeira pode ser essencial para uma empresa. Afinal, a organização responsável ajudará no controle econômico e dará dicas para melhorar a saúde financeira. Quer entender melhor esse serviço e como ele ajuda seu negócio? Neste artigo, a Holder Auditoria explica o que é e como fazer essa auditoria. Continue lendo!

Auditoria financeira: o que é?

A auditoria financeira é um processo de análise que ocorre acerca de todas as ações monetárias de uma instituição. Ela ajuda a aferir se as atividades, saldos e extratos econômicos correspondem aos valores físicos da empresa. Assim, identifica a existência de problemas ou riscos em atribuições da organização. Esse mapeamento auxilia na tomada de decisões e garante uma boa saúde financeira em todos os departamentos.

Atividades do auditor

Para entender a existência de riscos e manter a saúde financeira da empresa, o auditor tem algumas atividades. Elas são essenciais para a organização, pois incluem:

  • controle do fluxo de caixa;
  • pagamento de tributos;
  • montagem e avaliação de relatórios de despesas;
  • identificação de problemas e riscos;
  • preparação de planos de ação para eliminar ameaças.

Assim, fazer uma auditoria financeira garante qualidade econômica na empresa.

Benefícios da auditoria financeira

Seja para a auditoria interna ou externa à empresa, existem benefícios que mostram a importância de realizar esse levantamento. Entre eles estão:

  • aumenta a organização do negócio;
  • ajusta a saúde financeira da empresa;
  • aumenta a segurança;
  • gera melhor eficiência em controles internos;
  • beneficia credores, funcionários e acionistas;
  • garante mais tranquilidade na instituição.

Como fazer a auditoria financeira?

Como foi possível ver, é importante uma empresa contar com a auditoria financeira. Ficou interessado? A seguir, nós iremos indicar alguns passos fundamentais do processo para você garantir segurança financeira. Veja!

Mapeamento de processos

O primeiro passo para a auditoria é realizar o mapeamento de processos. Ou seja, identificar e classificar todos os processos existentes na área financeira da empresa. Esses são:

  • gestão do fluxo de caixa;
  • pagamento de fornecedores;
  • cobrança de clientes inadimplentes;
  • administração das contas a pagar e a receber;
  • extratos bancários;
  • entre outros.

2) Identificação de riscos

A partir do mapeamento, você deve analisar as atividades que estão sendo executadas na organização e identificar riscos. Para isso, deve ser realizada uma inspeção minuciosa. Nessa etapa, você deve buscar erros e inconsistências nas tarefas. Essa parte é fundamental para evitar problemas futuros.

3) Identificação de controles internos

O próximo passo é detectar controles internos, com a finalidade de minimizar os possíveis impactos identificados na etapa anterior. Você deve analisar as situações do tópico anterior, que geram riscos, e utilizar o controle que achar melhor para reduzir ou resolver esses problemas.

Os tipos de controles internos de uma empresa são:

  • planilhas;
  • relatórios;
  • sistemas;
  • contratos;
  • aprovações;
  • assinaturas;
  • carimbos;
  • baixas;
  • revisões;
  • conciliações.

4) Testes do controle

Identificado o controle interno ideal para cessar o risco, é preciso testá-lo. Essa etapa serve para mensurar o nível de segurança e eficácia que o controle pode oferecer à empresa. Entre os testes, estão:

  • observação;
  • inquérito;
  • validação;
  • cálculos;
  • entre outros.

Se verificar inconsistência, o auditor deve relacionar todos os problemas detectados e mensurar o impacto que causará na organização como um todo.

5) Análise de resultados

Por fim, é preciso analisar os resultados gerados após os outros 4 passos. Dessa forma, é possível receber duas respostas:

  • positiva – as atividades exercidas na empresa geram resultados eficazes e devem ser mantidas. A auditoria financeira precisaria ser realizada periodicamente para uma nova verificação;
  • negativa – a rotina praticada na organização está errada. Nesse caso, o auditor financeiro deve apontar os problemas, como e por que acontecem. Além disso, deve estipular soluções viáveis para a empresa.

Seja qual for o resultado, a auditoria financeira garante organização e eficácia nas atividades da empresa. É essencial para instituições de qualquer porte e pode ser o diferencial para a continuação de suas atividades.

Confie em uma empresa profissional!

Entendeu o que é a auditoria financeira e precisa de ajuda para fazê-la? Conte com a Holder Auditoria, a sua empresa de auditoria do RJ! Nosso objetivo é garantir qualidade no serviço e segurança financeira às instituições contratantes. Contamos com uma equipe confiável, treinada e devidamente habilitada para atuar na área tributária e contábil. Entre em contato conosco e garanta qualidade financeira!

Este artigo lhe ajudou de alguma forma? Conheça nosso blog! Lá você encontra mais conteúdos úteis sobre contabilidade e saúde financeira para empresas. Confira algumas sugestões:

Links úteis: consultoria contábil RJ; empresa de auditoria e consultoria; empresa de auditoria RJ; auditoria e consultoria; consultoria contábil SP;