Observamos uma equipe preparando as demonstrações contábeis obrigatórias por lei. Saiba quais são!
Publicado em 29 de julho de 2021

Quais são as demonstrações contábeis obrigatórias por lei? Saiba aqui!

Compartilhe

Quanto sua empresa faturou no último período de avaliação? Não consegue lembrar o valor exato? Saiba que ter um documento que apresenta essa e outras informações é essencial para tornar sua gestão mais qualificada. Pensando nisso, criamos este artigo para apontar quais são as demonstrações contábeis obrigatórias. Prossiga a leitura para conhecê-las!

6 demonstrações contábeis obrigatórias: descubra quais são!

A Lei 6.404/76 trata sobre uma série de demonstrações contábeis obrigatórias. Elas são fundamentais para análise financeira do negócio, principalmente para os que possuem acionistas.

Dessa maneira, veja as 6 demonstrações contábeis que são obrigatórias na sequência.

1- Balanço patrimonial

O balanço patrimonial consiste em um documento que apresenta o processo de avanço patrimonial da empresa. Para isso, então, são relatados todos os ativos (lucros) e passivos (obrigações financeiras).

2- Demonstração do Resultado do Exercício (DRE)

A Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) consiste em um relatório que demonstra lucro ou prejuízo de uma empresa. Por essa razão, precisa ser emitido mensalmente ou anualmente. Assim, com ele, fica garantido que a gestão possa acompanhar a real situação da empresa.

A DRE, dentre as demonstrações contábeis obrigatórias, é tão importante quanto o balanço patrimonial.

3- Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA)

Em terceiro, a Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA), em geral, é a última demonstração feita no ano. O objetivo dela é mostrar a quantidade de impostos que foram pagos pela empresa dentro do prazo do exercício, além de apresentar lucros e prejuízos. Em vista disso, promove mais transparência.

4- Demonstração de Fluxo de Caixa (DFC)

Se você já é empreendedor há um bom tempo deve saber que a Demonstração de Fluxo de Caixa é essencial para observar o andamento do seu negócio. Em geral, dentre as que já foram listadas aqui, essa é a demonstração mais comum quando tratamos sobre controle financeiro.

SAIBA MAIS  Como a demonstração contábil auditada pode ser boa em seu negócio?

A DFC é responsável por registrar a entrada e saída monetária da empresa. A partir da análise dela, é possível identificar o nível de saúde da empresa.

5- Demonstração de Valor Adicionado (DVA)

A Demonstração de Valor Adicionado (DVA) apresenta todos os valores que foram conquistados pela empresa e como foram geridos ao longo do período de exercício analisado. Sendo assim, a proposta da DVA é mostrar aos acionistas o quanto uma empresa teve sua riqueza aumentada ou diminuída.

A DVA substitui a Demonstração de Origens e Aplicações de Recursos (DOAR), que foi finalizada em 2007.

6- Notas explicativas

As notas explicativas devem acompanhar as demonstrações contábeis obrigatórias. A função delas é facilitar a leitura das demonstrações e, desse modo, eliminar qualquer dúvida sobre os resultados.

Fale com a Holder Auditoria!

O artigo lhe foi útil? Somos uma empresa de auditoria contábil em SP, além disso, também prestamos consultoria contábil no RJ.  Somos especialistas em auditoria e consultoria. Para mais esclarecimentos sobre o tema tratado neste artigo. Entre em contato conosco para pedir informações ou conhecer nossos serviços.

Aproveite para ler outros conteúdos exclusivos como este em nosso blog:

Links úteis: consultoria contábil RJ; empresa de auditoria e consultoria; empresa de auditoria RJ; auditoria e consultoria; consultoria contábil SP; empresa de auditoria em SP;