Profissional da área contábil listando os impostos que uma empresa deve pagar
Publicado em 27 de outubro de 2021

Saiba quais são os impostos que uma empresa deve pagar!

Compartilhe

Sabia que se você não pagar os tributos do seu negócio pode sofrer penalidades? Seu comércio pode ser proibido de fazer o planejamento tributário e outros incentivos fiscais. Além disso, uma companhia inadimplente pode ficar com nome sujo perante a Justiça. Para te ajudar a garantir o pagamento correto, iremos te indicar os principais impostos que uma empresa deve pagar. Fique atento!

Principais impostos que uma empresa deve pagar

1- ISS: Imposto sobre Serviços

O ISS é um dos impostos que uma empresa deve pagar. Ele é cobrado sobre os serviços prestados pela empresa, de qualquer natureza. Os tributos são exigidos pelo município e seu valor é baseado em alíquotas de 2% a 5%. Essa cotação muda de cidade para cidade. Por isso, você ou seu contador devem verificar em seu local de residência qual a grandeza correta.

2- INSS: Previdência Social

O INSS ou Previdência Social corresponde ao valor pago pela empresa ao Estado. O objetivo é assegurar os direitos aos funcionários do negócio, como:

  • auxílio-acidente;
  • salário-família;
  • salário-maternidade;
  • pensão por morte;
  • aposentadoria por invalidez, idade ou tempo de contribuição.

O valor a pagar varia de acordo com a função prestada pelo colaborador na companhia. Para certificar-se de estar pagando o percentual correto, nem abaixo ou a mais, consulte um contador.

3- ICMS: Imposto sobre a Circulação de Mercadoria e Serviços

Também entre os principais impostos que uma empresa deve pagar está o ICMS. Esse tributo é cobrado quando ocorre movimentação de mercadorias entre os estados brasileiros. O valor da alíquota varia entre 7% e 18%. Por este motivo, é importante certificar-se do custo em sua região. Para isso, verifique a tabela no site do seu Estado e conte com a ajuda de um profissional.

SAIBA MAIS  Como fazer o cálculo da folha de pagamento em 2021?

4- IRPJ: Imposto de Renda da Pessoa Jurídica

O IRPJ é um tributo federal que incide sobre o Lucro Real ou receita de pessoas jurídicas do Lucro Presumido. O valor a ser cobrado corresponde à soma de:

  • 15% do faturamento total dos últimos 12 meses;
  • 10% do lucro mensal que excede R$ 20 mil.

5- COFINS: Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social

Por sua vez, o Cofins é um tributo pago pelas empresas a fim de financiar os programas sociais do Governo. O valor é revertido para investimentos em saúde pública e fundos previdenciários. É Federal e suas alíquotas podem variar entre 3% e 8%.

Atenção: ficam isentas de pagar esse imposto empresas que optam pelo regime Simples Nacional. Contudo, para as demais empresas esse custo fica obrigatório.

6- CSLL: Contribuição Social sobre o Lucro Líquido

Já a CSLL é um imposto Federal que deve ser pago por Pessoas Jurídicas e as equiparadas pela legislação do IR. Refere-se a um tributo cobrado sobre o lucro líquido da empresa. Ele serve para financiar a seguridade social e os valores de cotação são:

  • pessoa jurídica: 9%;
  • instituições financeiras: 15%.

7- CPP: Contribuição Previdenciária Patronal

O CPP, ou Contribuição Previdenciária Patronal, é um dos principais impostos que uma empresa deve pagar. Ele é um tributo vinculado ao INSS e ajuda a assegurar o funcionamento da Previdência Social. O montante é calculado em cima da folha de pagamento do colaborador.

8- PIS/PASEP: Programa de Integração Social

O valor cobrado pelos PIS e PASEP é responsável por assegurar um fundo de Seguro Desemprego e abono anual. Esses tributos devem ser pagos mensalmente pelas empresas. Podem ser cobrados com base em:

SAIBA MAIS  Saiba como tirar a empresa do vermelho nesse artigo!

Holder Auditoria: sua empresa contábil de confiança!

Leu esse artigo e acha que precisa de ajuda? Conte com uma consultoria contábil no RJ ou SP! A Holder é uma empresa especializada em realizar auditoria financeira. Te ajudamos a garantir o pagamento dos valores corretos dos impostos que uma empresa deve pagar. Além disso, podemos te auxiliar a realizar demonstrações contábeis obrigatórias por lei, planejamento tributário e prestação de contas aos órgãos governamentais.

Entre em contato e garanta a segurança financeira da sua empresa!